Boa Vida

Estão te devendo dinheiro e você não sabe o que fazer? Gloria ensina como agir na hora de cobrar uma dívida

Uma das situações mais desconfortáveis na vida é dever dinheiro pra alguém. Pior ainda se envolver amigos e parentes. Igualmente desagradável, é ficar correndo atrás do devedor, como se a responsabilidade de cobrar fosse sua.

O leitor Daniel mandou uma pergunta pelo twitter do Chic querendo saber se pode (e como deve) cobrar alguém. A situação é realmente difícil e nenhuma regra de etiqueta ajuda a pagar dívidas, mas pode deixar o assunto menos constrangedor para ambas as partes.

Qualquer um de nós está sujeito a problemas financeiros, mas agir de forma civilizada evita apuros e pode deixar o episódio menos pesado. O que não pode em hipótese alguma é demorar para devolver e não dar satisfação, ou pior ainda, não devolver.

Como regra geral, tenha em mente que tudo o que é combinado antes evita amolações depois. Por isso, se alguém pedir um empréstimo, faça tudo às claras: estabeleça quando você quer o dinheiro de volta, acerte a porcentagem de juros... Feito isso, saiba que vai ficar muito mais simples na hora de cobrar.

E pode cobrar? Pode, se você deixar claro na hora do empréstimo (quando ainda está tudo bem) que empresta, mas cobra.

E se foi você quem pediu e agora não tem como devolver, dê um jeito! Venda alguma outra coisa, penhore, empreste de outra pessoa... Combinou, está combinado! Se você avisou que ia pagar, a pessoa está contando com isso e a responsabilidade é exclusivamente sua.

As mesmas regras valem para qualquer outro tipo de empréstimo, seja de livro, roupa, sapato, automóvel... Não deixe de levar em consideração também as particularidades de cada amigo. Por isso, fique atento se a mesma amiga que não tem problemas em ceder um vestido de festa odeie emprestar seus livros, que podem voltar com orelhas e outras marcas de uso alheio...

E se você estragou alguma coisa que não é sua, conserte. Bateu o carro? Leve para o funileiro. Manchou uma roupa? Direto para a tinturaria.

De qualquer forma, carro, roupa ou sapato só se pede para irmão, pais ou amigo muito íntimo. Gente que tenha liberdade até para dizer não.

Para enviar a sua pergunta, entre em contato via Twitter (@sitechic), Facebook, pelo e-mail do Chic ou aqui no site, na seção de Comentários. 

Compartilhe este conteúdo

Enviar por E-mail