Moda

Gordinhas em destaque: desfile de moda plus size ganha evento em SP

Aconteceu neste domingo (24.01) em São Paulo a primeira Fashion Weekend Plus Size, evento que apresentou dez desfiles de marcas para mulheres gordinhas - ou mulherões, como muitas preferem ser chamadas.

A iniciativa aparece em momento oportuno, já que o último SPFW (17 a 22.01) suscitou um assunto adormecido: o da magreza excessiva das modelos. Ossos em evidência e braços mais finos do que o aceitável chamaram a atenção de jornalistas, que tocaram no assunto e retomaram a importante polêmica.

Nem oito, nem oitenta, você dirá, ao ver as fotos da passarela GG. E com razão. A organizadora do FWPS, Andrea Boschin, prontamente se defende: “Não se trata de apologia à obesidade. Temos uma enorme preocupação com a saúde. Todas as modelos têm os exames físicos em dia. Estamos aqui justamente para combater esse preconceito de que gordinhas são descuidadas, que não são saudáveis”.

Se há algo que chama a atenção é justamente o padrão, menos rígido. Enquanto no SPFW só há espaço para as que ocupam o menor espaço possível, neste evento existem de "cheinhas" a obesas. E que também têm que cuidar da forma. “Não posso nem engordar, nem emagrecer, pois sou modelo de prova para muitas marcas”, conta Mayara Russi, modelo há cinco anos.

Sem pretensão de lançar tendências, teve desfile de noiva, de moda festa, de streetwear e até de lingerie. Andrea Boschin afirma que a intenção era mostrar que quem veste tamanhos grandes pode ser elegante da praia ao casamento. “Gordinha não tem que usar só preto e roupas largas”. Taíz Marques, assistente de compras da marca Carlota, adverte que não se trata apenas de fazer peças maiores, mas com bom caimento, já que elas querem consumir a mesma moda que se vê nas revistas.

Teve mais. A bailarina gordinha Shaide Halim e a atriz Mariana Xavier apresentaram, cada uma, seus números de dança e atuação. Shaide afirma ter sofrido muito preconceito por ser uma dançarina acima do peso e Mariana conta que sua carreira deslanchou depois que ela ganhou 30 quilos. “Antes, eu competia com atrizes que eram modelos. Ao ganhar peso, me destaquei”.

Renata Poskus, outra das organizadoras do evento, anunciou que haverá um próximo FWPS em julho. E deixou o aviso para os organizadores do SPFW: “É melhor eles começarem a incorporar mulherões nos desfiles, ou vamos oferecer concorrência”.

 

Notícias Relacionadas

Compartilhe este conteúdo

Enviar por E-mail